Dicas e sugestões de uso

Nesta página você encontra Dicas e Sugestões para conservação de sua joia.

Joias em ouro 18klts/750  Ouro–Este admirado metal nobre é formado por uma liga cujas diferentes composições determinam sua cor – branca, amarela, rosa - e quilatagem.

O ouro mais usualmente empregado para joias é o 18K, composto por 750 partes de ouro puro e 250 de outros metais complementares, pois apresenta o melhor equilíbrio entre durabilidade e a maleabilidade necessária para moldar anéis, brincos, colares e pulseiras. Por conta desta maleabilidade, o ouro é um material sensível a agressões externas, que podem alterar sua textura. Na forma final das joias, seu acabamento pode ganhar superfície polida, extremamente brilhante, ou acetinada, com aparência fosca.

O tempo de uso e os impactos sobre as joias podem causar marcas de uso sobre esta superfície, que são naturais. Recomenda-se manter as joias de ouro limpando-as apenas com uma flanela macia e seca no dia a dia, para evitar maiores alterações. Quando perceber maior acúmulo de resíduos sobre o metal, poderá nos enviar a peça para fazer a limpeza necessária e deixando sua joia com aspecto de nova. 

A Dudarillo joias aconselha não efetuar limpezas da jóia com frequência, pois poderá ocorrer alterações.

Ouro branco – A cor do ouro branco em seu estado puro é na verdade, um pouco amarelada. O aspecto brilhante e tom prateado característicos das joias de ouro branco, são obtidos através do banho de ródio, que as deixa com cor clara, uniforme e brilhante.

O uso freqüente das joias faz com que este banho se desgaste com o tempo, alterando sua cor e brilho. Por isso, a dica recomendada é que se realize uma manutenção periódica nessas peças, a fim de restaurar suas características originais.

Oferecemos esta manutenção para os clientes que compraram joias de ouro branco da Dudarillo. Quando sua joia de ouro branco estiver com a cor alterada, entre em contato conosco para orientarmos sobre o procedimento correto .

Diamantes – Para conservar os diamantes em bom estado, é preciso que estes estejam sempre limpos. Como esta pedra tem, por natureza, a propriedade de aderir às substâncias gordurosas, eles são rapidamente afetados quando entram em contato com substâncias oleosas, tais como hidratantes, protetores solares, ou até mesmo a oleosidade natural da pele.

Nossa sugestão é que se limpe uma vez por semana os diamantes que são usados diariamente, usando flanela úmida, sem nenhum produto químico.

As joias com diamantes devem ser guardadas separadamente, em um tecido macio ou em um envelope de joias almofadado. Se armazenadas junto com outras peças, a pedra ou o metal pode ser arranhada e danificada.

Pérolas, madrepérolas e corais– Essas gemas orgânicas são sensíveis a ácidos, detergentes, perfumes, fixadores de cabelo, ultrassom e soluções utilizadas para limpeza de joias. Portanto, evite que esses produtos entrem em contato com a peça.

Após o uso de joias com essas gemas, deve-se passar uma flanela macia umedecida com água para preservar o brilho e para retirar o resíduo de cremes, suor da pele ou maquiagem. Não use joias com pérolas, madrepérolas e corais em piscinas, praia ou no banho, pois o cloro, o sal e o vapor d’água são prejudiciais à sua estrutura.

De tempos em tempos, reenfie os colares e pulseiras de pérola com nó, prolongando a vida útil das pérolas, uma vez que se evita o contato e atrito de uma com a outra. Dica importante: Não exponha as gemas orgânicas ao calor do secador de cabelos, pois ele pode provocar rachaduras em suas superfícies. Por mais perfeita que seja a criação da joia, muitas vezes o seu uso inadequado ou mesmo as condições normais de uso, leva as peças a perder o brilho, manchar ou quebrar. O ouro é um metal maleável e, portanto, está sujeito ao desgaste. Tendo os cuidados necessários, suas joias manterão a beleza e o brilho por muito tempo.